Pular para o conteúdo

Vendah

Reserva financeira do zero: como e porque fazer a sua?

01 Dec 2022

Ter uma reserva financeira faz toda diferença para quem pensa em empreender. Trabalhar por conta própria tem inúmeras vantagens, mas no início você pode precisar de recursos para cobrir certas necessidades que podem surgir ao longo da sua caminhada. 

Ter uma reserva financeira pessoal também proporciona muita tranquilidade para o empreendedor. Esse recurso também pode servir para realização de sonhos do empreendedor, sendo um dos principais motivos para compor esse fundo financeiro. 

Mas, para isso é importante entender como fazer isso. Pensando nisso, resolvemos escrever este artigo mostrando um guia simples e intuitivo. Continue lendo!

O que é e qual a importância de ter uma reserva financeira?

Uma reserva financeira é qualquer quantia que você guarde para realizar sonhos ou utilizar em momentos de imprevistos. Com esse recurso guardado, você tem tranquilidade para honrar com despesas urgentes ou que não estavam previstas. 

Por outro lado, o empreendedor que não tem uma reserva financeira pessoal atua com grande pressão. Isso porque, caso algum imprevisto aconteça ele terá dificuldade para superar, precisando deixar de investir no negócio e dificultar o seu crescimento. 

Como criar uma reserva financeira ideal?

Muitas pessoas já entendem a importância de ter uma reserva financeira. Mas, a grande dúvida que existe é sobre como fazer isso. Em outras palavras, como alguém que tem dificuldades para pagar suas próprias contas pode ter dinheiro de sobra para fazer uma reserva financeira? 

Porém, esse tipo de ideia é totalmente equivocada. Existem diversas formas de se fazer isso e mostraremos como nos próximos tópicos. Continue lendo!

Defina uma quantia a ser reservada mensalmente

O primeiro passo é definir uma quantia a ser reservada mensalmente. Isso deve ser visto como uma obrigação pelo empreendedor. Ou seja, assim como o compromisso de pagar a conta de luz da sua casa, um percentual do dinheiro que entra na sua vida deve ser reservado. 

Ninguém atribui um percentual fixo. Esse montante dependerá do quanto você está disposto a guardar. Para encontrar o valor, você deve colocar todas as suas contas em pauta e, a seguir, determinar o percentual que será guardado. 

Geralmente, isso gira em torno de 10% a 20%. Assim, se a sua renda mensal é de R$ 2.500,00 você pode guardar entre R$ 250,00 e R$ 500,00, por exemplo. 

Evite guardar dinheiro em espécie

Atualmente, grande parte da movimentação financeira já é feita por meio digital, utilizando transações como PIX, TED, pagamento de boletos online, leitura de QR Code, entre outros. Para você ter uma ideia, segundo dados divulgados pela CNN Brasil 7 em cada 10 transações financeiras são feitas utilizando esses canais digitais. 

Logo, se esse tipo de operação já não utiliza mais dinheiro vivo, você nem deve imaginar compor a sua reserva de emergência em espécie. Algumas pessoas acreditam que precisam manter dinheiro em casa com medo de perder acesso ao banco ou receio de confisco financeiro, como já aconteceu no passado em nosso país. 

Esse tipo de medo é completamente equivocado. Afinal, deixar o dinheiro no banco é algo extremamente seguro. Existem vários mecanismos e legislações que protegem o usuário do sistema bancário. Além disso, guardar dinheiro físico pode ter vários riscos e complicações, entre eles:

  • possibilidade de o dinheiro em papel rasgar ou estragar;
  • perder o dinheiro em caso de incêndio ou roubo na sua residência;
  • perda de valor devido ao impacto da inflação. 

Portanto, se você pretende compor a sua reserva financeira e guardar o dinheiro na sua casa é importantíssimo rever essa posição e considerar armazenar em um produto bancário. 

Evite deixar o dinheiro na conta corrente

Você entendeu que deixar o dinheiro em casa não é nada coerente. Então, vai ao banco e abre uma conta corrente para deixar o dinheiro lá. Mas, essa também não é a melhor ação a ser adotada. Isso porque, nesse tipo de conta existem taxas que comprometem seu dinheiro. Além disso, os recursos depositados também não serão remunerados com nenhum tipo de taxa de juros. 

A conta corrente é interessante para fazer o pagamento de contas, transferências etc. Mas, guardar os recursos nela não é algo inteligente a ser feito. 

Tenha uma fonte de renda extra

Para finalizar este conteúdo vamos tratar da renda extra. Sabemos que existem pessoas que não conseguem guardar 20%, 10% nem 5% do que elas ganham. Além disso, existem aqueles que estão desempregados no momento. Independentemente do caso, ainda é possível seguir essas dicas para constituir a sua reserva financeira utilizando fontes de renda extra. 

Hoje é muito fácil ganhar uma boa grana realizando algumas atividades. Por exemplo, revendendo produtos. Existem alternativas muito interessantes como a Vendah, uma empresa que fornece um variado mix de produtos para revenda, sem que o vendedor precise se preocupar com estoque, logística, entrega etc. 

Basicamente, você divulga o catálogo da empresa, envia o link de pagamento dos produtos escolhidos pelo cliente e as mercadorias são entregues na sua casa ou na residência do comprador. Assim, você recebe a comissão pelas vendas. 

Inclusive, esse modelo de empreendimento é tão simples que já existem pessoas que nem o utilizam mais como uma simples renda extra. Ou seja, já são revendedores profissionais e trabalham exclusivamente nesse mercado. 

O melhor de tudo é que você pode revender produtos da Vendah sem precisar largar o seu trabalho atual, trabalhando diretamente da sua casa, utilizando um notebook, computador ou, até mesmo, o seu smartphone. 

Se você seguir essa dica, terá grandes chances de dar um gás na sua renda mensal. Consequentemente, verá que sobrará dinheiro no final do mês para poupar e guardar no seu banco em algum tipo de investimento seguro.

Por fim, podemos concluir que ter uma reserva financeira não é algo tão complicado. Mas, você precisa de disciplina para guardar o dinheiro mensalmente sem falhar. Assim, é possível constituir uma boa fonte de recursos para ser usada como você quiser no futuro. 

Se você gostou dessas dicas e quer saber como começar a empreender acesse o nosso site e veja como é fácil revender produtos sem precisar de estoque, gestão de vendas etc
Postagem anterior
Próxima postagem

Agradecemos sua assinatura

Ver opções

Fechar
Editar
this is just a warning
Fechar
Carrinho
0 Produtos