Pular para o conteúdo

Vendah

Saiba como comprovar renda sendo autônomo

27 Mar 2023

Para diversas situações, como a abertura de uma conta bancária ou o financiamento de um veículo, é necessário comprovar a renda. No entanto, muitos trabalhadores independentes podem ficar na dúvida sobre como fazer isso de forma eficiente. Afinal, tem como comprovar renda sendo autônomo?

E não é apenas nesses casos: com o passar dos dois primeiros meses do ano, já devemos nos preparar para o que é um conflito para muitas pessoas, a declaração do Imposto de Renda. Para isso, preparamos um guia para te ajudar nesses trâmites, principalmente se você não trabalha com carteira de trabalho assinada. Acompanhe para saber mais detalhes de como fazer comprovante de renda online ou com documentos físicos e não sofrer complicações com algo tão importante.

Sou autônomo informal, como comprovar renda?

Antes de qualquer coisa, é bom situar e definir o que é um trabalhador autônomo, um trabalhador informal e um trabalhador autônomo informal para que você consiga ter uma ideia melhor da categoria em que se encaixa. Bora lá?

  • Trabalhador autônomo

O trabalhador autônomo é quem trabalha de forma independente, sem qualquer vínculo empregatício. No entanto, seu trabalho pode ser contratado sob contratos de parcerias com terceiros, seja pessoa física ou pessoa jurídica. São aqueles como dentistas, cabeleireiros, vendedores, consultores, etc.

  • Trabalhador informal

O trabalhador informal é aquele que trabalha sem ligação qualquer, seja de carteira assinada ou de contratos. Se for trabalhar para alguma empresa ou para alguém diretamente, as tratativas são todas casuais, sem envolver contratos de qualquer origem, como é o caso dos motoristas de aplicativo e diaristas.

  • Trabalhador autônomo informal

Já o trabalhador autônomo informal é a combinação das duas categorias, onde o serviço é realizado sem filiações, contratos ou carteira assinada. Geralmente, são aquelas pessoas que trabalham  sem realizar os pagamentos de impostos e contribuições sociais, atuando também sem a proteção dos direitos trabalhistas previstos pela legislação.

Alguns exemplos de trabalhadores autônomos informais são: artesãos, camelôs, diaristas, vendedores porta a porta, pedreiros, pintores, entre outros.

O que vale como comprovante de renda?

É comum a dúvida do que especificamente pode servir como documentação necessária para comprovar a renda. Dentro de tanta burocracia, é importante você ter em mente alguns pontos que podem te auxiliar e justamente servir como itens para declaração da renda que possui.

Dito isso, você, trabalhador autônomo, tem algumas maneiras de comprovar sua renda, como por exemplo o extrato bancário dos últimos três meses. Além disso, a Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) também é um documento valioso.

Para os autônomos, a Decore é um documento que pode ser usado para comprovar a renda mensal de quem é dono do próprio negócio. Já para os Microempreendedores Individuais (MEI), a DASN MEI é a declaração de faturamento anual que precisa ser entregue. E por fim, os recibos emitidos após a prestação de serviços também podem ser utilizados como comprovantes do dinheiro que entra na sua conta.

Como comprovar renda de quem não tem renda?

“Tá, mas se eu não tenho renda e preciso comprovar, como faço?”. Antes de mais nada, é necessário uma auto declaração de ausência de renda registrada em cartório. Para isto, pode-se utilizar um modelo da internet, preenchendo com seus dados e levar a um cartório para reconhecer a declaração. No entanto, também é possível fazer isso através da apresentação da sua carteira de trabalho.

Com a carteira, você comprova a ausência de um vínculo empregatício e, dessa forma, a ausência de renda no seu nome. O ideal para conseguir o reconhecimento de tal pedido é apresentar ambos os documentos, sendo que assim você já chega preparado e não precisa ficar voltando para adquirir novos comprovantes e enfrentar a tradicional burocracia tudo de novo, não é?

Serve como comprovante de renda para quem não trabalha num emprego CLT os extratos do banco e NFs emitidas por vendas ou prestação de serviço. Outras perguntas frequentes de quem procura meios de comprovar sua renda através de outras formas de trabalho são:

  • Como comprovar renda informal?

Uma boa opção é manter uma planilha ou registro de todas as entradas e saídas de dinheiro relacionadas ao seu trabalho. Isso pode incluir notas fiscais emitidas, recibos, contratos de prestação de serviços e outros comprovantes que demonstrem a realização de atividades profissionais.

Outra alternativa é abrir uma conta bancária em seu nome e movimentá-la regularmente. Assim, é possível apresentar o extrato bancário como comprovante de renda.

  • Comprovante de renda como autônomo?

Além dos extratos de banco, você pode comprovar sua renda através do DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimento). Para emitir esse documento, você precisa acessar a página do Conselho Regional da sua jurisdição, ir até a aba de fiscalização ou DECORE. Ali, você terá acesso através do seu CPF e sua senha.

  • Como comprovar renda sendo MEI?

Como MicroEmpreendedor Individual, você tem a possibilidade de comprovar sua renda através do extrato de sua conta bancária. É geralmente solicitado de um período de 3 meses, mas também pode ser solicitado o comprovante do intervalo de até 1 ano.

Como comprovar renda como autônomo para empréstimo?

Você provavelmente já se perguntou como comprovar renda como autônomo para financiamento, principalmente porque um impulso financeiro faz a diferença quando se está trabalhando sozinho ou empreendendo.

Para isso, você pode providenciar um comprovante através do DECORE, do seu Imposto de Renda, recibos e contratos e extratos bancários. Além do comprovante de renda, para solicitar um empréstimo, você deve ser maior de idade e apresentar documentos próprios válidos, como o seu CPF e o seu RG.

Uma dica importante para quem busca um empréstimo é verificar o seu cadastro positivo. O cadastro positivo é uma ferramenta que tem a mesma função do Score, ou seja, disponibiliza informações sobre o seu comportamento como consumidor.

Manter o seu cadastro positivo atualizado é muito importante, pois isso ajuda os bancos a identificar o seu perfil como consumidor. Com isso, fica mais fácil conseguir o empréstimo que você precisa com melhores condições e juros mais baixos.

Por isso, é sempre importante manter suas informações atualizadas e garantir que seu cadastro esteja sempre em dia. Assim, você pode ter acesso a empréstimos e outras formas de crédito com mais facilidade e tranquilidade.

Lembre-se sempre de manter seus documentos fiscais em dia e em ordem para comprovar sua renda com transparência e confiança. A honestidade é fundamental para garantir uma relação saudável com o banco e conseguir o empréstimo que precisa.

Tenha uma renda extra com a Vendah

Você já ouviu falar que não existe dinheiro fácil, né? Para empreender e ganhar uma grana extra, é preciso investir tempo e dedicação. Mas sabia que, com apenas 35 minutos diários de trabalho, já é possível gerar uma renda que pode fazer toda a diferença no seu orçamento?

Isso mesmo! E se você se dedicar um pouco mais, pode conseguir ainda mais sucesso e uma excelente renda extra como autônomo. Na Vendah, você pode trabalhar apenas 35 minutos por dia, focados na revenda de produtos, e gerar até mil reais em lucro.

A Vendah é uma empresa que oferece uma oportunidade valiosa para você aumentar sua renda, sem cobrar nenhuma taxa de entrada. Além disso, disponibilizamos diversos produtos para revenda, com crédito rápido em conta.

É só você se cadastrar no site da Vendah, começar a divulgar os produtos para sua clientela e receber a comissão por PIX em dois dias!

Postagem anterior
Próxima postagem

Agradecemos sua assinatura

Ver opções

Fechar
Editar
this is just a warning
Fechar
Carrinho
0 Produtos