Pular para o conteúdo

Vendah

É possível empreender com pouco dinheiro? Entenda como!

11 Jul 2022

Muitas pessoas acham que para abrir seu próprio negócio precisam contar com uma quantia absurda de dinheiro, ou seu projeto nunca sairá do papel. No entanto, com a internet e a popularização das redes sociais, hoje, é possível ter uma microempresa sem a necessidade de alto investimento. Além disso, podemos contar com diversas alternativas de empreendimento, como, por exemplo, a revenda de produtos ou serviços. 

A partir dessas informações, este artigo provará a você que é possível empreender com pouco dinheiro, mostrando negócios que dão lucro mesmo em cidades pequenas e dando dicas do que fazer para obter o sucesso. Continue com a gente e confira a seguir! 

Por que abrir um negócio? 

Atualmente, empreender tem sido uma ótima alternativa pra quem deseja ganhar uma renda extra ou construir a sua autonomia financeira. Além da liberdade de poder fazer seu próprio horário e gerir a carreira, quem não gostaria de se tornar sua própria chefe? 

São muitas as vantagens que abrir seu próprio negócio pode trazer e fazer o que se gosta oferece aumenta as possibilidades de sucesso no empreendimento e traz a sua vida pessoal mais tempo para se dedicar a outros ramos da sua vida, trazendo ao seu dia a dia mais equilíbrio e bem-estar. 

No final, o que vai ficar é o orgulho de construir uma carreira do modo como você desejou, seguindo cada detalhe do que foi planejado. E, para que o seu negócio possa decolar é essencial que você esteja atenta a algumas questões. Falaremos um pouco mais delas adiante. Acompanhe! 

Como empreender com baixo investimento? 

Como já falamos, muita gente acha que, para empreender é preciso que se tenha muito dinheiro. Entretanto, mais importante que isso é ter organização, planejamento estratégico, informações sobre o mercado que você vai atuar, construir uma boa relação com o público, entre outros fatores. Veja algumas dicas abaixo: 

Faça o plano de negócios 

O primeiro passo para quem deseja ter o próprio empreendimento é realizar o plano de negócio. Apesar de parecer complexo, quando você mantém o foco e pesquisa muito, essa elaboração fica, cada vez mais, fácil. Além disso, hoje, podemos contar com softwares que podem nos auxiliar no processo. 

Assim, o plano de negócio nada mais é que a definição de onde sua empresa deseja chegar e quais caminhos ela percorrerá até a conquista dos objetivos. Essa etapa é fundamental, pois, quando as metas são bem planejadas, os riscos se tornam menores e você reduz as chances de perder o dinheiro investido. 

Pesquise seu público 

A pesquisa de público também é essencial, pois o que sua empresa precisa é dar aos clientes o que eles precisam. Além disso, é preciso saber se comunicar com as pessoas e você só vai saber como fazer isso conhecendo elas. 

Então, para entender melhor as preferências do seu público-alvo, você pode, por exemplo, elaborar um questionário e disponibilizar, tanto nas redes sociais, quanto no local em que você deseja estabelecer a sua loja. Essa ação facilitará a elaboração das estratégias de marketing e aumentará as chances de fidelização. 

Invista em marketing 

As ações de marketing são muito importantes dentro das empresas, pois elas são as principais responsáveis pela sua comunicação com o público e pela construção de uma relação de confiança entre sua marca e os clientes. 

Portanto, é importante pensar nessas estratégias mesmo antes de abrir o seu negócio, já que o marketing é capaz de agregar gente nova ao seu empreendimento, os chamados prospects (consumidores em potencial) e são uma excelente oportunidade para você mostrar o que a sua empresa oferece. 

Aposte no diferencial competitivo e estude o mercado 

Diferencial competitivo nada mais é que aquilo que diferencia a sua marca dos concorrentes. Nesse sentido, esse aspecto envolve a noção de valor e preço. Você sabia que são conceitos diferentes? Vamos explicar: o

preço é o número que vai na etiqueta, é objetivo e mostra a quantia que o consumidor precisa ter para ter acesso ao seu produto. 

Mas, muitas vezes, o cliente opta por pagar mais caro, mesmo tendo várias opções mais baratas no mercado. O que determina essa decisão é o valor da marca, ele tem caráter subjetivo, e depende da percepção do próprio cliente. 

Portanto, agregar valor ao seu produto ou serviço deve ser o grande objetivo da sua organização, desde o início da sua criação. Então, ao abrir seu negócio, você deve investir nos diferenciais competitivos para sobressair em um mercado cada dia mais acirrado. 

Faça parcerias estratégicas 

Outra dica importante para quem está começando o seu próprio negócio é a realização de parcerias estratégicas. Isso pode ser muito benéfico para quem dispõe de pouco dinheiro para investimento e, na prática, significa que uma pessoa vai entrar com o recurso e outra com a ideia ou a execução do projeto. 

Essa sociedade deve ser feita de maneira criteriosa, pois os parceiros do seu empreendimento devem estar muito comprometidos com o alcance dos objetivos e metas. Além disso, a definição das responsabilidades deve estar clara para que problemas futuros possam ser evitados. 

Defina seus produtos ou serviços 

Já falamos aqui que uma empresa precisa oferecer ao público exatamente aquilo que ele quer. Então, uma vez que você estudou o mercado e percebeu alguma necessidade dos consumidores é preciso determinar quais os produtos ou serviços você comercializará e qual abordagem utilizará para convencer as pessoas que a sua alternativa pode ser a melhor para elas. 

Conheça as questões burocráticas 

Abrir um pequeno negócio implica conhecer todos os trâmites burocráticos e leis que regem o comércio e a publicidade. Para isso, você pode realizar pesquisas na internet com o intuito de cumprir com todas as obrigações e não ter nenhuma pendência. Então, caso você deseje começar trabalhar como cuidadora de cachorros, por exemplo, é fundamental saber o que e lei exige, como por exemplo, uso de focinheiras, coleiras, entre outras obrigações. 

O que montar com pouco dinheiro? 

Agora que já sabemos alguns passos essenciais para quem deseja empreender contando com pouco investimento, falaremos exemplos de alguns negócios para você, que quer abrir o seu próprio negócio, mas não tem ideia do que fazer. Acompanhe! 

Serviços em geral 

Uma ótima alternativa para quem deseja autonomia financeira é atuar no ramo de prestação de serviços, como reparos domésticos, pinturas e instalações elétricas ou hidráulicas. Como sabemos, todo mundo precisa contar com esse tipo de trabalho, seja para deixar a casa em ordem, ou para consertar algum objeto de uso essencial. 

É importante dizer que, como esse serviço acontece de modo presencial, é preciso que você esteja preparada para receber o pagamento assim que ele for concluído. Hoje, podemos contar com diversas opções de pagamento, como o pix, transferências e pela maquininha de cartão de crédito. 

Venda de produtos digitais pela internet 

Outra tendência que veio com a popularização da internet são os infoprodutos, ou produtos digitais. Podemos citar como exemplo as apostilas de idiomas, ou livros eletrônicos, podcasts, enfim, todo produto que só pode ser consumido via digital. Eles podem ser disponibilizados em seu site ou por meio dos seus perfis nas redes sociais. 

Produção de doces, marmitas e salgados 

Uma tendência muito forte, que começou a ganhar mais popularidade depois da pandemia, é a comercialização de marmitas, doces e salgados, principalmente por meio de deliverys. Essa forma de empreendimento pode ser

muito lucrativa, afinal de contas, quem não gosta de comer? 

Além disso, hoje, existem inúmeros aplicativos, em que você pode registrar a sua empresa e colocar as opções para venda. Mas, embora o ramo de alimentos seja muito promissor, você não deve abrir mão das estratégias de marketing e qualidade dos produtos. 

Revenda de produtos 

A revenda de produtos é uma ótima alternativa para quem deseja começar seu negócio do zero, contando com pouco dinheiro. Isso porque existem inúmeras possibilidades de revenda no mercado, como cosméticos, roupas e maquiagens, por exemplo, que são muito consumidos. Uma vantagem importante de se trabalhar com revenda é fazer pedidos sob demanda, sem correr risco de ficar com estoque parado. 

O que faz uma revendedora de produtos? 

Como já mencionamos, a revenda de produtos está entre as alternativas mais promissoras para quem deseja abrir o próprio negócio. Assim, uma revendedora profissional é aquela que compra, de modo antecipado, os produtos de uma determinada empresa e os revende, levando em consideração a sua margem de lucro, que costuma ser maior que a do representante. 

Porém, é preciso sempre contar com um bom catálogo a fim de atender prontamente os clientes, sempre que solicitado. A grande vantagem da revenda é a possibilidade de atuar com incontáveis ramos, como, por exemplo, maquiagem, eletrônicos, utilidades domésticas, cosméticos, roupas, entre outros. 

Quais são as responsabilidades da revendedora? 

Apesar de ser uma excelente oportunidade de negócio para quem conta com pouco investimento, a revenda também exige responsabilidades e estratégias para conquistas de novos clientes e fidelização dos antigos. Além disso, é preciso ter uma boa capacidade de gerência de estoque e conhecimento sobre os produtos comercializados. Abaixo, citaremos mais algumas dessas responsabilidades. Veja: 

  • Conquistar novos clientes; 
  • Administrar frequentemente os pedidos; 
  • Trabalhar para promover a divulgação de seus produtos (tanto nas redes sociais, como na região em que atua); 
  • Estabelecer um bom relacionamento com os clientes, construindo com eles uma relação de confiança; 
  • Receber feedbacks e criar estratégias de melhoria; 
  • Desenvolver um atendimento ágil e eficiente com o público; 
  • Conhecer sobre os produtos, para recomendar aos clientes, levando em consideração as suas demandas específicas; 
  • Manter um networking em sua área. 

E, uma vez que seu negócio começa a expandir, as responsabilidades também aumentam, e você vai precisar ir além, gerenciando seu tempo, com foco no auxílio do seu trabalho e ampliação do seu empreendimento. 

Quais as vantagens de revender? 

A revenda surge como uma ótima oportunidade para quem deseja mais autonomia no trabalho, podendo definir sua carga horária e tendo a possibilidade de gerenciar um negócio sem precisar sair de casa

Além disso, geralmente as empresas que disponibilizam o seu produto para revenda, já estão com a sua imagem estabelecida no mercado, com estratégias de marketing consolidadas. Desse modo, fica mais fácil para o revendedor encontrar seu público.

Como a Vendah pode ajudar você? 

Para que o seu caminho no mundo do empreendedorismo seja de sucesso, é imprescindível contar com parceiros dispostos a ajudar você na conquista da sua autonomia financeira e a Vendah é ideal nesse processo. 

Isso porque, além de oferecer uma grande variedade de produtos para você revender, com a Vendah é possível se tornar uma empreendedora digital. Tudo de forma bem simples e sem nenhum investimento, bastando apenas que você tenha um smartphone e acesso à internet. A partir daí, você já se habilita para ser uma revendedora, ganhando excelentes comissões. Entre em contato agora e saiba mais!

Postagem anterior
Próxima postagem

Agradecemos sua assinatura

Ver opções

Fechar
Editar
this is just a warning
Fechar
Carrinho
0 Produtos