Pular para o conteúdo

Vendah

Qual o melhor marketplace para revender: descubra agora!

07 Aug 2023

Num mercado tão acirrado quanto o das revendas, é comum ficar indecisa quanto aos seus fornecedores, forma de trabalho, carga horário, entre outros. Como o volume é grande e tem crescido cada vez mais, há certas coisas às quais você precisa se acostumar, mas nem tudo vale para todos. Se você já se perguntou qual o melhor marketplace para revender, provavelmente está buscando o melhor lugar para atuar e isso é essencial.

Se em algum momento você pesquisar sobre os melhores marketplaces para vender em 2023, os primeiros serão os que mais recebem acessos e isso não é coincidência. Afinal, quanto mais visitada uma loja é (seja online ou fisicamente), maior as chances de vender, não é mesmo?

É por isso que, quando você estuda sobre esse assunto, a unidade de medida utilizada para medir o sucesso de um marketplace é o número de acessos. Quanto mais vistoso e mais incentivos externos um marketplace tiver para chamar seus clientes potenciais à sua loja, mais oportunidades de venda terão.

Dá até pra comparar com aquele ditado “quem é visto não é lembrado”. E em um bom marketplace você com certeza terá visibilidade. Mas e como entrar em um marketplace? Como vender em um marketplace? É possível lucrar vendendo em um marketplace? Desenvolvemos um guia básico para você entender melhor sobre o que se trata essa fatia tão importante do comércio e como usá-la a seu favor. Acompanhe:

O que é um marketplace?

Sabe um shopping bem grande, daqueles que você pode caminhar por quase uma hora e não ter passado por todas as lojas? O comércio online é parecido, mas muito, muito maior! E por isso ele atrai tanta gente. Afinal de contas, é possível vender produtos em um marketplace, mas principalmente, é possível para o comprador achar tudo que procura num só lugar. E, assim como nos shoppings onde você vai passear, há lojas enormes que ocupam mais de um andar e também há lojas menores.

A diferença é que as grandes lojas “mais vistosas” de shopping não necessariamente possuem os melhores preços, enquanto isso costuma ser um bom chamariz nos marketplaces.

Basicamente colocar seu produto nesse tipo de plataforma, é como conseguir um pedacinho da vitrine naquele shopping disputado. O que você paga é uma comissão dos produtos vendidos nesse canal.

Qual marketplace mais acessado?

Conforme já comentamos, além da receita, o número de acessos costuma ser uma das principais unidades de medida para identificarmos o nível de sucesso de um marketplace. Partindo desse princípio, podemos elencar um ranking tanto nacional quanto global, para termos uma dimensão total de como os marketplaces são acessados todos os dias por tantas pessoas.

No Brasil, com base na plataforma Conversion, temos o Top 5 composto pelos seguintes marketplaces:

  1. Mercado Livre (184 milhões*);
  2. Magazine Luiza (123 milhões*);
  3. Shopee (108 milhões*);
  4. Americanas (78 milhões*);
  5. Amazon (70 milhões*).

Enquanto isso, em escala mundial, temos no Top 5 os seguintes colocados:

  1. Amazon marketplace (4.79 bilhões*);
  2. eBay (1.21 bilhão*);
  3. Rakuten (563 milhões*);
  4. Shopee (559 milhões*);
  5. AliExpress (525 milhões*).
  • Número estimado de visitas por mês.

Em quais Marketplace vender?

Pensando em faturamento e, consequentemente, nos lucros e números de venda, o que faz mais sentido é procurar marketplaces bem ranqueados e com muitos acessos, questões essas que facilitarão a possibilidade de vendas e vitrine dos seus produtos. No mais, há algumas categorias que você pode priorizar na hora de visitar ou decidir colaborar, pois há alguns segmentos de vendas e nem todos os marketplaces possuem todos os segmentos.

Por exemplo, há o melhor marketplace para vender roupas, assim como existe o melhor marketplace para vender cosméticos, tudo depende de qual você deseja seguir.

O ideal é fazer uma pesquisa de marketplaces que até você mesma já visitou, pois já tem uma ideia de como funciona essa vitrine e do quão interativa é a plataforma. É necessário pensar no que é melhor para você em termos de faturamento e de potencial de vendas. Além disso, consulta os benefícios para vendedores parceiros, como a logística e campanhas de divulgação, por exemplo.

Com isso em mente, você pode investir e participar das melhores e maiores vitrines dos dias de hoje. Nem sempre é fácil encontrar uma plataforma marketplace grátis, na maioria dos casos você precisa desembolsar para ser inserida neste meio, mesmo que no final das contas não seja um valor alto e você consiga encaixar nos custos da sua revenda, já que a aquisição de clientes fica por conta da plataforma.

Qual a plataforma que mais vende no Brasil?

O Top 5 plataformas que mais vendem no Brasil atualmente são:

  1. Mercado Livre;
  2. Magazine Luiza;
  3. Shopee;
  4. Americanas;
  5. Amazon.

Quais são os 5 maiores Marketplaces do mundo?

Um grande marketplace não apenas surge do nada, é necessário tempo e investimento pesado. Além da ajuda dos consumidores, claro! Por exemplo, os três primeiros colocados do Top 5 foram fundados antes dos anos 2000, então com certeza não caíram de paraquedas nesse ranking. Enquanto isso, o quarto e o quinto colocado são relativamente novos e já possuem números muito expressivos.

Ou seja, tempo de mercado não vai ditar o seu sucesso. No entanto, aprender com os seus tropeços, buscar se atualizar constantemente e trabalhar bastante fazem parte da receita do sucesso de negócios de todos tamanhos e segmentos. Ao invés de procurar como vender em todos marketplaces, invista no presente. Dê tempo e respeite a sua curva de crescimento, afinal de contas, crescemos e evoluímos todos os dias!

Ainda está curiosa? Então conheça o Top 5 dos marketplaces do mundo é:

  1. Amazon (1994*);
  2. eBay (1995*);
  3. Rakuten (1997*);
  4. Shopee (2015*);
  5. AliExpress (2010*).
  • Ano de fundação de cada empresa.

Vantagens e desvantagens do marketplace

Apesar da possibilidade de expor seus produtos nas maiores vitrines do mundo, há desafios que precisam ser trazidos à luz para que você consiga fazer o melhor julgamento possível. Ao mesmo tempo que você pode estar presente alcançando pessoas do mundo todo, você também irá concorrer com inúmeras outras empresas e inúmeros outros produtos.

Outra questão importante é que, caso você não possua um CNPJ, terá que procurar um marketplace para vender com cpf - e não são todos que aceitam. A maioria dos grandes marketplaces já traça seu cadastro a partir do número de Pessoa Jurídica, pois os únicos que trabalham com dados de Pessoa Física são os que possuem checkout, formas de pagamento e envio integrados. Conhece algum lugar que facilita tanto a sua vida? Nós conhecemos!

Empreenda com a Vendah

Na Vendah você tem tudo ao alcance das suas mãos. O modelo por aqui é bem diferente! Começando pelo cadastro zero burocracia, onde você já consegue acessar a nossa plataforma e os nossos catálogos para começar a revender com investimento zero e sem precisar ter estoque. Através do aplicativo, você pode trabalhar a hora que quiser e de onde quiser, precisando apenas de conexão à internet.

Além disso, você escolhe a margem que irá utilizar para cada produto e para cada cliente. A sua comissão é computada logo após a confirmação de pagamento e a nossa equipe entrará em contato em até 2 dias úteis para realizar o pagamento. Aqui quem ganha comissão é você! Entre no nosso site e descubra mais!

Postagem anterior
Próxima postagem

Agradecemos sua assinatura

Ver opções

Fechar
Editar
this is just a warning
Fechar
Carrinho
0 Produtos