Pular para o conteúdo

Vendah

Negócio para cidade pequena: descubra como lucrar

15 Aug 2022

Se você tem planos de criar um negócio para cidade pequena, os dados que vamos citar podem ser bem animadores. A crise sanitária da Covid-19 fez  a procura por imóveis no interior crescer bastante. Para se ter uma ideia, houve diminuição na demanda por imóveis na capital de São Paulo e aumento em cidades do interior.

Em termos de números, na comparação com 2019, o aumento no interior foi de 18% para 23%, e na capital, caiu de 82% para 77%. Vários fatores podem ter impulsionado essa busca por morar longe da capital, como a fuga do estresse e, claro, o aumento de oportunidades de negócios em cidades pequenas.

Que empreendimentos podem ser explorados no interior? Continue a leitura deste post até o final e descubra!

Quais os negócios que dão lucro em cidades pequenas?

O que falta numa cidade pequena? Por conta do tamanho, algumas cidades do interior podem carecer de certos serviços, sendo a oportunidade que você, empreendedora, deve identificar e ganhar muito dinheiro.

Não adianta muito, por exemplo, ingressar em um ramo que já está saturado. Por mais que você seja competente, dificilmente os clientes fiéis de alguém vão passar a comprar os seus produtos ou serviços. O importante é estudar o mercado local, visando identificar demandas não atendidas.

A seguir, vamos mostrar algumas opções de empreendimento no interior. Acompanhe!

Itens usados

Produtos de segunda mão fazem bastante sucesso até mesmo em grandes cidades, o que dirá no interior. O bazar é um dos pequenos negócios que dão lucro, em que a pessoa pode vender diversos itens, como roupas, calçados, brinquedos e até, porque não, bijuterias feitas à mão.

O importante, nesse caso, é prezar pelo bom estado de conservação desses itens, e claro, investir forte em divulgação. Aqui não nos referimos somente ao investimento em dinheiro, mas em bons canais de comunicação. Nesse sentido, pode ser usado o status do WhatsApp, por exemplo, bem como as redes sociais.

Uma das principais vantagens de vender produtos usados é o baixo investimento. Tanto na capital quanto no interior é comum as pessoas terem algo que não usam, de modo que elas possam vender por um preço baixo, ou até mesmo ceder o item sem cobrar nada. 

Venda de roupas

Homens e mulheres de todas as idades estão sempre em busca de incrementar o vestuário. Este é um ramo sempre aquecido no Brasil, e nem mesmo a pandemia foi capaz de causar retração significativa no segmento. 

Isso porque o comércio online tornou-se praticamente a única opção viável, quebrando aquele tabu de que uma roupa só podia ser comprada em loja física.

Beleza e estética

Antigamente, eram as mulheres que mais procuravam por serviços de beleza e estética. Hoje, no entanto, os homens também se tornaram clientes assíduos desse negócio, movimentando muito dinheiro, tanto em grandes capitais quanto em cidades do interior.

Uma vantagem importante de empreender nesse ramo é que não existe a tal da sazonalidade. Em outras palavras, as pessoas procuram por esses serviços o ano todo, o que é muito diferente da venda de livros escolares, por exemplo, cuja maior demanda é apenas no início do ano. Alguns serviços de beleza e estética que podem ser ofertados são:

  • pedicure;
  • manicure;
  • limpeza de pele;
  • depilação;
  • massagem.

Revenda

A revenda é uma forma de empreender extremamente ampla. Com certeza, você já trabalhou ou conhece alguém que vende cosméticos e lingeries em catálogo. A prática é ainda usada e dá bastante lucro, mas revender produtos online é uma tendência que está vindo para ficar.

Com um capital inicial baixo ou zero, é possível ir lucrando e fazer bons lucros, de modo a expandir o negócio. Dedicação é a palavra-chave nesse sentido, pois demanda com certeza existe; basta identificar e explorar.

A seguir, confira algumas das muitas opções de revenda que você pode adotar para empreender em uma cidade pequena!

Beleza

Como já falamos, homens e mulheres estão sempre em busca de ficar melhor aparentados. Isso é algo que ocorre independentemente da cidade, sendo uma oportunidade bastante lucrativa. O brasileiro só não gasta mais com beleza do que os chineses e americanos!

Além disso, uma prática bastante comum nesse segmento são as reuniões. Muito provavelmente você já foi em uma e sabe do que se trata, não é mesmo? Nesses lugares, os organizadores apresentam as características e vantagens dos seus produtos, de modo a atrair vendedoras ou, como se costuma dizer, consultoras.

No entanto, a realidade das coisas mudou bastante de 2020 pra cá. Essas reuniões se tornaram esporádicas ou até mesmo deixaram de existir, dando lugar à revenda de produtos de beleza pelas redes sociais.

De fato, empreender na internet é algo que possui peculiaridades. O contato com as pessoas não é o mesmo, o que pode ser um impeditivo para vendas. Todavia, tudo isso é resolvido com estratégias precisas de divulgação, bem como uma comunicação focada na personalização e humanização.

Traduzindo, quando alguém vende na internet, ela não deve falar com todo mundo, mas sim com  uma única pessoa! Ficou difícil de entender? Não se preocupe, pois ainda neste texto, vamos retomar a esse assunto.

Em vez de usar catálogos impressos, eles podem agora ser visualizados online. Dessa forma, a revendedora, caso tenha uma rotina corrida, não precisa se deslocar até a casa dos clientes. Pelo WhatsApp ou Telegram, por exemplo, ela pode criar listas de transmissão e divulgar seus produtos de beleza, atingindo um número maior de pessoas. 

Utilidades

Donas de casa são um público bastante consumidor das utilidades do lar. Por mais que muitas mulheres estejam inseridas no mercado e trabalhem fora, ainda há um número considerável delas que trabalha somente em casa, principalmente com a chegada dos filhos.

Aqui, a sistemática é bastante parecida com os produtos de beleza. Os itens para o lar podem ser ofertados tanto em catálogos impressos quanto online, sendo que, no caso deste, é possível investir em uma loja virtual ou marketplace.

Loja virtual é algo que certamente você já conhece, mas marketplace é provável que não. Explicando brevemente, este modelo de negócios é praticado por grandes varejistas, que “alugam” parte de suas páginas para terceiros divulgarem seus produtos.

Uma das vantagens é a visibilidade alta dos itens, mas um ponto que pode pesar é que um valor precisa ser pago junto à varejista pelo espaço de divulgação, reduzindo um pouco os lucros. 

Tecnologia

Talvez seja desnecessário falar que o segmento de tecnologia movimenta cifras bilionárias. Revender produtos eletrônicos é algo que tem como principal público os mais jovens, visto que estes nasceram imersos na era digital.

Via de regra, aqui não se aplica o uso de catálogos físicos, pois os adolescentes passam boa parte do tempo no computador ou celular. É preciso criar uma comunicação capaz de torná-los clientes assíduos da revendedora, pois novos produtos eletrônicos surgem praticamente o tempo todo.

No ramo de tecnologia, também é comum as pessoas trocarem aparelhos antigos por mais modernos. E ainda mais comum é a compra de acessórios e periféricos, como fones de ouvido, teclados, caixinha de som e etc!

Itens fitness

Além de quererem estar bem aparentadas e usar eletrônicos de última geração, as pessoas almejam uma boa qualidade de vida. Por conta do isolamento social, muitas academias fecharam, fazendo a venda de produtos voltados para treino em casa aumentar.

Por mais que as academias já tenham reaberto, existem pessoas que, por conta da falta de tempo, optam por treinar em casa. O uso de elásticos e halteres, por exemplo, é bastante comum, de modo a substituir bem vários daqueles aparelhos de academia.

Roupas próprias para o treino também são uma excelente opção de revenda. Além de itens como os smartwatches usados para medir o desempenho.

Neste tópico, podemos ainda citar como opção de revenda os suplementos. Algumas pessoas que treinam desejam ter uma alta performance, algo que dificilmente se obtém com a alimentação tradicional. Alguns dos mais conhecidos suplementos usados são a creatina e o whey protein.

Como se dar bem em um negócio para cidade pequena?

Quando o assunto é empreender, tudo deve partir da percepção. Quando se identifica as demandas não atendidas, ou um negócio com atendimento deficitário, por exemplo, as oportunidades lucrativas começam a aparecer.

Em geral, a venda de qualquer coisa pode se resumir a solucionar problemas e se destacar dos concorrentes. Existem, obviamente, outros elementos importantes, mas vamos nos ater a estes dois. À medida que se percebe qual público será atingido, a ideia é traçar estratégias robustas e viáveis, com objetivo de trazer bons resultados a curto, médio e longo prazo.

Como em outros textos sobre empreendedorismo, certamente não iríamos deixar de falar da importância do planejamento. Afinal, é impossível encontrar um tesouro ou qualquer outra coisa sem um mapa, não é mesmo? É planejando que o empreendedor consegue ter uma visão clara dos pontos positivos e negativos do seu negócio.

A seguir, falaremos sobre outros aspectos chave que farão de você um revendedor de sucesso no interior!

Conhecer o cliente

Saber onde o cliente mora, sua idade e condição financeira são informações básicas e obrigatórias. E se for possível também identificar dores e necessidades que nem mesmo ele sabe direito que tem? Sem dúvida, esse feeling é um dos fatores que separa os empreendedores medianos dos de sucesso. 

Muitas vezes, a revenda traz a experiência necessária para saber o que o cliente realmente quer e precisa. Empreender vai muito além de bolar uma estratégia, colocar em prática e ver se ela deu certo ou não. Analisar em detalhes os resultados de vendas ajuda o revendedor a saber quais pontos da comunicação e do atendimento precisam ser melhorados.

Por consequência, isso traz maior entendimento sobre o cliente, sendo que a pesquisa também é uma forma efetiva de conhecê-lo melhor. Se você pensou nos stories e caixas de perguntas do Instagram como ferramentas de pesquisa, saiba que ambos são excelentes formas de promover a interatividade, tão necessária no ambiente online. 

Trabalhar a fidelização da clientela

Você conseguiu vender para x pessoas. E depois? Eles vão continuar comprando? Na internet, clientes passam por uma jornada, que começa na descoberta de uma empresa (por meio de um conteúdo sem intenção clara de venda) e termina no pós-venda.

Este consiste, basicamente, em uma equipe especializada, responsável por resolver problemas de uso de um produto e eventuais reclamações. A ideia do pós-venda é também se relacionar com o cliente, criando laços duradouros.

No entanto, mesmo se você estiver inicialmente sozinha nessa, é totalmente possível fidelizar a clientela. Considerando que a sua base de clientes é gerenciável, ações mais simples podem promover a fidelização, como oferecer descontos e promoções a quem já compra de você com recorrência.

Investir em atendimento

Pessoas deixam de comprar um excelente produto se o atendimento for ruim. Pessoas compram produtos de menor qualidade se o atendimento for cordial, ágil e atencioso. No começo do trabalho com revenda, você pode atender os clientes e não se perder.

Todavia, com o passar do tempo, a tendência é isso ficar difícil, sendo importante, por exemplo, usar as mensagens automáticas, recursos estes disponíveis no zap e no Instagram. A intenção é abrir o atendimento em um momento para ser continuado em outro. Isso ajuda bastante na hora de não perder a chance de vender àquele cliente que já está com o “dinheiro na mão”.

Ter um negócio para cidade pequena pode ser altamente lucrativo. A Vendah te ajuda a se destacar no ramo da revenda, oferecendo a possibilidade de entrar na nossa plataforma com investimento inicial zero! Podemos ainda citar como benefício o fato de que não é preciso dedicar longas horas do dia para a revenda, de modo que você terá a flexibilidade de escolher o melhor horário de trabalho.

Quer mais informações? Então acesse o nosso site e descubra como a Vendah pode ser sua parceira na revenda em cidades pequenas!
Postagem anterior
Próxima postagem

Agradecemos sua assinatura

Ver opções

Fechar
Editar
this is just a warning
Fechar
Carrinho
0 Produtos